Livros Em Destaque

[LivrosTOP][bleft]

Arte Em Destaque

[ArteTOP][grids]

Porque É que Ser Preso em Solitária é o Pior Sofrimento Psicológico

.


Ser preso em condições de isolamento total pode provocar danos psicológicos irreversíveis em apenas 15 dias. Vejamos os efeitos desta prática e porque é que a mesma deveria ser considerada como tortura.

As Nações Unidas descrevem esta prática como isolamento de toda a actividade social e convívio, excepto com guardas, durante pelo menos 22 horas diárias. As celas usadas para este tipo de isolamento medem normalmente 1,8m por 3m. Todos os cenários de convívio social ou contacto humano são feitos através de uma porta de metal, uma parede de vidro ou com algemas nas mãos e nas pernas.


Os seres humanos são criaturas sociais. Sem o benefício de poder interagir com outros seres, a mente entra em decadência; sem nada para fazer, o cérebro atrofia; e sem poder olhar um horizonte, a visão desaparece. Todo este cenário é responsável por sintomas de ansiedade, depressão, raiva, perturbações cognitivas, perturbações sensoriais e de percepção, paranóia e quadros de psicose, bem como uma tendência para auto-inflingir maus tratos.

Na Califórnia, ficou provado que os prisioneiros encarcerados nestas circunstâncias possuem 33 vezes mais probabilidades de cometer suicídio que o resto dos prisioneiros.

Esta prática surgiu nos Estados Unidos, na década de 20 do século XIX, quando se acreditava que o isolamento constituía uma forma competente de reabilitação, pela solidão da situação e pela forma com que essa mesma solidão poderia impelir os prisioneiros a pensar melhor nos seus delitos.


As Nações Unidas estão de acordo em considerar de forma inequívoca que esta prática constitui uma situação de tortura, proibida pela lei internacional.

Há dois anos, de resto, o próprio Senado dos Estados Unidos da América recebeu as primeiras audições relativas a esta prática prisional, concluindo que a mesma é, para além de ineficaz e uma violação clara dos Direitos Humanos, uma forma dispendiosa de exercer o controlo em instalações prisionais.

Sem comentários :


Design Em Destaque

[DesignTOP][list]

Música Em Destaque

[MúsicaTOP][threecolumns]

Arquitectura Em Destaque

[ArquitecturaTOP][bsummary]

Fotografia em Destaque

[FotografiaTOP][twocolumns]