Livros Em Destaque

[LivrosTOP][bleft]

Arte Em Destaque

[ArteTOP][grids]

A Câmara Que Nos Priva dos Nossos Sentidos

.


Introduzida primeiramente pelo psiquiatra John C. Lilly, em 1954, a "Câmara de Privação Sensorial" tem muito pouca luz, é à prova do som e está cheia de água salgada, mantida à temperatura do corpo.

Nesta câmara, uma pessoa fica a flutuar, sem noção de peso, e os sentidos são completamente desligados. Não se consegue ver nem ouvir, tudo porque a água está aquecida, sempre à temperatura corporal do utilizador. Alguns indivíduos afirmam mesmo "vai tudo embora" e até a mente fica completamente adormecida.

A vista, a audição e até o tacto são todos tapados, tudo para que permaneça apenas o pensamento. É uma experiência que faz com que o utilizador não sinta o seu próprio peso. 

A "Câmara de Privação Sensorial" foi utilizada, primeiramente, como alternativa à hipnose e é hoje uma forma de cura para o Stress e usada para meditação.



Sem comentários :


Design Em Destaque

[DesignTOP][list]

Música Em Destaque

[MúsicaTOP][threecolumns]

Arquitectura Em Destaque

[ArquitecturaTOP][bsummary]

Fotografia em Destaque

[FotografiaTOP][twocolumns]